Custos+BI para melhor gestão hospitalar

Nossa experiência prática de mais de 20 anos, nos mostra que a classificação e apropriação incorreta de custos e despesas, afeta significativamente a margem de contribuição associada a procedimentos de qualquer natureza. São centros de custo criados sem critério, rateios imprecisos, plano de contas inconsistentes. Como consequência, a falta de integridade nos dados compromete a geração e principalmente a análise dos resultados financeiros do hospital.

Benefícios da integração dos módulos de custo por procedimento e custo departamental ao seu sistema hospitalar:

O sistema de gestão hospitalar garante integridade dos dados. No entanto a tecnologia de nada serve sem processos bem desenhados e pessoas capacitadas. O experiente time de consultoria da Vector trabalha sobre três pilares para identificar e resolver a raiz dos problemas:

  • Correção dos processos de apuração e rateio de custos e despesas.

  • Integração dos módulos de Custo Departamental e Custo por Procedimento do SIGHVector ao sistema de gestão hospitalar existente (por ex.: MV, Tasy, etc)

  • Capacitação das equipes do hospital.

 

Consultoria com foco na melhoria contínua

Além da integração dos módulos, a consultoria gera métricas, indicadores e relatórios que auxiliam no monitoramento e na busca pela melhoria na rentabilidade. O produto da consultoria é um plano de ação seguido pelo engajamento das equipes do hospital e monitoramento sistêmico. Dessa forma conseguimos garantir de forma pragmática os resultados combinados na contratação de nossos serviços de consultoria.

 

Metodologia aplicada:

  • Reforçar a definição dos conceitos de custos hospitalares (análise comparativo entre ABC e absorção).
  • Mapear cada setor individualmente identificando respectivos dados relacionados a receitas, custos, despesas e produção.

  • Definir os critérios de rateio.

  • Recuperar dados financeiros, contábeis, produção,etc. do sistema ERP existente.

  • Processar dados em conformidade com os critérios adotados.

  • Emitir relatórios financeiros de produtividade e rentabilidade.

  • Capacitar gestores de custos.

  • Analisar resultados e confeccionar respectivos planos de ação preventivos e corretivos.

 

Resultados esperados

  • Melhorar a precisão da visão gerencial geral.
  • Visualizar custos, receitas e rentabilidades de cada procedimento, incluindo visões por convênio, médico, especialidade, etc.

  • Criar base para definição de perfil assistencial.

  • Melhorar os processos operacionais.

  • Fornecer ferramentas para revisar protocolos médicos.

  • Identificar procedimentos mais e menos rentáveis.

  • Criar base para formação de preços e para formatação de novos produtos e pacotes.

  • Criar base para negociação de reajustes com convênios.